Testa – Frontoplastia

A fronte (testa), assim como a face, apresenta sinais claros de envelhecimento, caracterizados especialmente pelas rugas horizontais acima dos supercílios e pelas verticais, entre eles. A queda de todo o supercílio, em especial da cauda, gera uma aparência entristecida e cansada que pode ser corrigida. O uso de toxina botulínica paralisa a musculatura dessas áreas, atenuando as rugas de expressão. No entanto ela deve ser reaplicada a cada 4 ou 6 meses. Com a cirurgia plastica da testa (frontoplastia) temos a possibilidade de manter o resultado por um período longo, às vezes de forma permanente. A cirurgia pode ser feita com o auxílio da vídeo-endoscopia através de 5 pequenas incisões localizadas no couro cabeludo (1 cm cada). Pode ser realizada isoladamente ou em associação com o lifting facial ou a blefaroplastia.

CIRURGIA DE REDUÇÃO DA TESTA

Se você possui uma testa longa, com a linha do cabelo muito alta e quer reduzir o seu comprimento saiba que é possível corrigir este problema de uma forma eficiente e com rápida recuperação.

Existem, basicamente, duas maneiras para reduzir a altura da testa. A primeira é implantar cabelo na parte de cima da testa e a segunda é encurtar a testa avançando a linha de cabelo que já existe. Vou explicar melhor.

No primeiro procedimento, chamado de micro implante folicular, é retirada uma faixa de cabelo da região de trás da cabeça, seguida pela separação dos fios e o implante fio a fio na porção superior da testa criando uma nova linha capilar. Neste caso o fio implantado cai totalmente em 7 dias. Mas o folículo, que é a raiz do cabelo está lá e a partir de 90 dias inicia o seu crescimento. Já se pode notar que nesta cirurgia teremos que aguardar muitos meses ou até mais de um ano para que o fio atinja o comprimento desejado. Além disso alguns folículos podem morrer e o espaço entre os fios pode ser maior que o desejado, deixando um aspecto ralo, precisando-se realizar uma nova cirurgia para melhorar a densidade capilar.

O segundo procedimento, que é o que iremos destacar hoje é a cirurgia da FRONTOPLASTIA. Nesta cirurgia, ao invés de retirarmos o cabelo, como na técnica anterior, retiramos uma faixa de pele da porção superior da testa, junto ao local onde o cabelo começa, e avançamos o couro cabeludo. Como resultado teremos uma linha de implantação de cabelo bem mais pra frente, bem mais baixa, na sua posição natural, proporcionando um resultado imediato já com os fios longos e com a densidade natural do próprio paciente. Esta cirurgia é realizada sob anestesia local e sedação, com duração aproximada de 90 minutos e alta hospitalar duas horas após o final da cirurgia.

Enquanto a cirurgia de implante capilar dura muitas horas, retira cabelo e o resultado é a longo prazo, a cirurgia da FRONTOPLASTIA é relativamente rápida, não retira cabelo e seu resultado é imediato. A única desvantagem com relação à outra técnica é justamente a presença de uma cicatriz junto ao cabelo na porção superior da testa. Geralmente é uma cicatriz de boa qualidade facilmente ocultado com a maquiagem.

Eu indico esta cirurgia para as mulheres que possuem a testa longa de forma constitucional, ou seja, aquelas que sempre foram assim. Não é uma técnica que se utilize para alopécia, que é quando os cabelos estão caindo. Sendo assim, se este é o seu caso e esse problema te incomoda, saiba que existe solução. Se tiver alguma dúvida sobre este procedimento fique à vontade em deixar um comentário ou em nos enviar uma mensagem.

A anestesia é local, não sendo necessário pernoite na Clínica.

Deixe uma resposta